Água: Sempre Economizar!

 Devemos sempre economizar água! Nesta crise hídrica, provocada pela seca e os reservatórios com água muito abaixo do normal, em muitos estados brasileiros, diversas pessoas aprenderam a economizar e reaproveitar este líquido tão precioso. Veja causas e consequências da escassez de água.

Sempre Economize Água!

Seca no Cantareira - reservatório de água que abastece mais de cinco milhões de habitantes de São Paulo, Brasil. 
- Foto: Nelson Almeida/AFP

 Causas da Escassez de Água
  • Insuficiência de investimento governamental em obras de rede de captação e abastecimento
  • Crescimento populacional;
  • Falta de incentivo ao uso consciente de água;
  • Desperdício na distribuição e na utilização;
  • Poluição das águas em mananciais;
  • Mudanças climáticas - seca ou estiagem prolongadas;
  • Ausência de fiscalização e punição às pessoas que fazem ligações clandestinas.
Consequências da Escassez de Água
  • Desabastecimento permanente;
  • Risco de apagão ou blecaute e aumento das contas de energia elétrica;
  • Alimentos e produtos industriais mais caros;
  • Alta da inflação;
  • Crescimento do desemprego.
 
 Segundo especialistas, ainda que chova além da média, ao longo de cinco anos, e, os reservatórios voltem a ficar completamente cheios, nada vai ser como antes.
 Neste Dia Mundial da Água, desejamos que todos façam o uso racional e econômico deste líquido primordial! 

Comentários

  1. Olá,

    A água está cada dia mais escassa, em 2007 a ONU declarou que cerca de 1,1 bilhões de pessoas em todo o mundo não têm acesso a água potável e estimava-se que dois milhões de crianças morriam todos os anos pela falta dela ou de saneamento básico.

    Parece controverso que o planeta terra, que é constituído por dois terços de água, não possa abastecer sua população que já ultrapassou os 6 bilhões de indivíduos. Teoricamente, ela não deveria faltar. O problema que quase toda esta água encontra-se distribuída sob a forma de gelo ou água salgada, o que impede seu consumo imediato pelo homem. E para piorar, sua distribuição pela superfície do planeta é desigual.

    O grande problema, além dos já apontados no artigo, é que nos lugares onde há grande disponibilidade de água, há uma “cultura de desperdício” onde se prega, erroneamente, que a água é um bem que nunca faltará.

    Felizmente, essa cultura vem sendo combatida e, aos poucos, a população do mundo todo têm se conscientizado da importância de economizar e encontrar meios de reutilizar a água de maneira mais racional.

    Precisamos ter consciência antes que seja tarde demais que a economia de água tem que ser feita, caso contrário em pouco tempo seremos todos um deserto.

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marisa.
      Agradeço a sua visita ao Blog Rapidino, pelo brilhante comentário que complementa a minha postagem com dados importantes e é claro a sua opinião sobre o assunto.
      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Muitos sofreram mais, outros sofreram menos, mas todos nós já tivemos ideia do que é uma falta verdadeira de água.
    Precisamos ter consciência de economizar água sempre, mesmo com os níveis dos reservatórios aumentando um pouco.
    Se alguém algum dia achou que a água nunca acabará... deve estar repensando.

    Abraço.
    Andreia
    http://detransimulado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog