Maju Coutinho: Capa de Revista

 Com 37 anos de idade, a jornalista Maju Coutinho é a capa de dezembro da revista Claudia, onde ela também declara fatos de sua vida, inclusive sobre os ataques racistas que sofreu.

 Maju conta que já sofria com os intolerantes desde a infância e cita o episódio de insultos racistas de julho de 2015, ocasião onde ela teve a oportunidade de fazer o primeiro discurso de autoafirmação que o Jornal Nacional levou ao ar, na Globo e, recebeu o apoio dos colegas William Bonner e Renata Vasconcellos, que promoveram a hashtag #somostodosmaju, com grande repercussão nas redes sociais; este caso está na justiça e até agora os criminosos não receberam punição.
 A jornalista possui muitos fãs, no Twitter tem mais de 100 mil seguidores.

Destaques da Entrevista
Maju Coutinho - Capa da Revista Claudia.

Ataques Racistas:
"Muita gente imaginou que eu estaria chorando pelos corredores (...) Eu já lido com essa questão do preconceito desde que me entendo por gente (...) Fico muito indignada, mas não esmoreço, não perco o ânimo (...) A militância que faço é o meu trabalho, com carinho, dedicação e competência."

Exemplo de Coragem
"Por anos, me submeti a um rito para ser aceita: esquentava no fogão um pente de metal e alisava o cabelo. Fora dos pequenos círculos, era difícil assumir a identidade. Precisa coragem para usar o crespo, símbolo de estar à margem."
"Nos anos 1990, vi na capa da revista Raça uma negra com ar decidido, de tranças afro, enormes e lindas, e falei: ‘Eu quero isso’. Funcionou como uma permissão para ser eu mesma."

Família
Marido
"Ficamos muito em casa. Agostinho (faz filosofia), precisa estudar."

Filhos 
"E, se não vier, ok. Já me sinto realizada afetiva e profissionalmente."

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog